A Casa dos Dois Amores - Aquecimento

||
Todo mundo sabe que escritor não vive sem escrever, e comigo não é diferente. Quase começa a me faltar o ar se fico muito tempo sem escrever alguma coisa. Começo a ficar ansiosa, estressada, tudo porque muitas vezes a correria do dia-a-dia é tão grande que quase não sobra tempo para me dedicar a literatura. Sou professora e isso já demanda muito tempo (não só quando estou na escola, mas também quando estou em casa, porque sempre fico procurando novas maneiras de deixar minha aula melhor), além disso estou fazendo outra faculdade (Letras Português/Inglês) e outra pós (Educação das Relações Étnico-Raciais) e lá se vai outro tanto do meu tempo. Sem contar o fato de ser esposa e dona de casa. Ufa!
Por conta dessa rotina agitada, tenho vários projetos em andamento, mas ainda não concluídos: um livro infanto-juvenil, um livro de contos e dois romances.
Entretanto, no meio disso tudo sempre sobra um tempinho pra gente fazer o que mais gosta e, como no meu caso o que mais gosto é escrever, fico muito feliz em contar para vocês que logo, logo teremos livro novo nas livrarias!!! \0/
Após o meu romance de estreia Amor, Maybe (Ícone Editora, 2011), que foi seguido pelo meu livro técnico Educação Física na Terceira Idade: Teoria e Prática (Ícone Editora, 2013) é com muito orgulho que lhes apresento o meu novo romance A Casa dos Dois Amores (AudioLivro Editora, 2014). 
E ele chega novo em tudo: cenários somente no Brasil (ao contrário do Amor, Maybe que tinha cenas nos EUA e Brasil), se passa na década de 60 e o seu formato é em áudio, ou seja vocês vão poder ouvir o livro interpretado por um ator! Tudo de bom, né?
Recebi uma prévia da capa e está linda demais, assim que puder divulgo pra vocês, por enquanto fiquem com uma breve sinopse e com a certeza de que nesse fim de outubro/começo de novembro teremos livro novo por aí!



A CASA DOS DOIS AMORES - FRANCINE CRUZ

Entre a vida do seu pai e o amor da sua vida, qual você escolheria?

Felipe sonha em ser músico e tem tendências revolucionárias, mas, para cumprir uma promessa da qual depende a vida de seu pai, deverá se tornar padre. Gabrielle é filha de um influente e rico militar, cristã fervorosa e apaixonada pela igreja. Nos atribulados anos 60, em plena ditadura militar, Felipe e Gabrielle se apaixonarão e, lutando contra todas as adversidades, farão de tudo para viver esse amor.

*******

No auge da guerra fria, no início dos anos 60, o jovem Felipe vê sua vida mudar repentinamente após a morte de seu irmão mais velho, pois deverá cumprir em seu lugar a promessa feita pelo pai de ter um filho padre. Ele, que sempre sonhou em ser músico e tinha tendências revolucionárias, renuncia a tudo pelo bem estar do pai, que se encontra gravemente enfermo. No convento, Felipe conhece Gabrielle, uma cristã fervorosa, filha de um influente e rico militar.
Cantando juntos no coro, Felipe e Gabrielle se apaixonam e têm de lutar contra todas as objeções para viver esse amor. Desde seus próprios preconceitos, as beatas fofoqueiras, até seus pais, que desejam um futuro diferente para eles, a batalha para concretizar esse amor é muito maior: está em seus corações. Felipe não quer desgostar o pai e Gabrielle não quer interferir em sua vocação.

E aí o que acharam?

Nenhum comentário:

© Francine Cruz - 2012. Todos os direitos reservados.
Criado por: Ana Zuky.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo