RILKE, CARTA 10 - A ÚLTIMA

||
Olá Pessoal!

Estamos chegando ao fim de nossa caminhada pelas cartas do grande escritor Rainer Maria Rilke, espero que todos tenham se deleitado com sua sabedoria e meditado seus conselhos dados ao jovem Kappus, mas que muito servem para nós também.

Para terminar, o último trecho da última carta, datada de 1908.

"Também a arte é apenas um modo de viver, e é possível se preparar para ela sem saber, vivendo de uma maneira ou de outra. Em tudo o que é real há mais proximidade dela do que nas falsas profissões semi-artísticas que, ao simular uma proximidade da arte, na prática negam e atacam a existência de qualquer arte. Por exemplo, todo o jornalismo faz isso, assim como quase toda a crítica e três quartos do que se chama e pretende ser chamado de literatura. Alegra-me, em suma, que o senhor tenha superado o perigo de cair nessa armadilha e se encontre em meio a uma realidade bruta, solitário e corajoso. Espero que o próximo ano o mantenha assim e o fortaleça.

Sempre seu,

Rainer Maria Rilke"


Um grande abraço a todos os escritores!

Nenhum comentário:

© Francine Cruz - 2012. Todos os direitos reservados.
Criado por: Ana Zuky.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo